Dia dos namorados. Preste atenção nesta data.

O DIA MAIS ROMÂNTICO DO ANO

O dia dos namorados é a terceira data mais importante do ano, ficando atrás apenas do Natal e do Dia das Mães. O comércio geralmente costuma fechar o semestre em alta, movimentado e atendendo vários tipos de público.

No entanto, o momento está exigindo mais cautela na hora das compras, reflexo da crise mundial provocada pela pandemia do novo coronavírus, que tem provocado uma nova atitude comportamental no momento de efetuar alguma compra.  

 

Esse pelo menos foi os dados que a pesquisa realizada pelo Social Miner, destacou recentemente no portal E-commerce Brasil. De acordo com os dados 67,2% do público pretende celebrar esta data com presentes, considerando que 31,8% farão isso por meio das lojas virtuais. Outro dado importante revelado na pesquisa é que o consumidor deve investir entre R$ 51,00 e R$ 200,00 no momento da compra, uma mudança mais expressiva e simbólica ao mesmo tempo.

 

Para te dar uma força neste momento, separei algumas dicas que podem ajudar e impulsionar as suas vendas no Dia dos Namorados, vejam só:

 

RESTAURANTE EM CASA: Temos excelentes opções gastronômicas na cidade e um jantar romântico pode ser uma valiosa dica.

 

LOJAS FÍSICAS: Pensando em melhores medidas de preservação e segurança, lojistas podem organizar suas vendas por meio da internet e o cliente retira no local, famoso Drive Thru.

 

PARCEIROS ESTRATÉGICOS: Está na hora de pensar diferente e fora da caixa, estamos diante de um “novo normal”, restaurantes podem se unir a floriculturas, serviços de decoração com presentes, enfim, é de hora de pensar em novas possibilidades de trabalhos.

 

As estratégias para fomentar negócios no Dia dos Namorados são importantes, mas não funcionam sozinhas. A comunicação é fundamental neste processo. Por isso, estimule os canais de comunicação: WhatsApp, Instagram e Facebook, se achar necessário, pode usar minha rede de contatos. É hora somar forças! Juntos vamos vencer as dificuldades.

 

Grande Abraço.

Luís Gustavo Napolitano.